segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Com o programa TI Maior, governo vai investir R$ 500 milhões para a produção de software no Brasil, diz Dilma


Com o programa estratégico de software e serviços de tecnologia da informação, o TI Maior, o governo vai investir R$ 500 milhões para estimular o desenvolvimento e a produção de software no Brasil, afirmou hoje (3) a presidenta Dilma Rousseff, no programa de rádioCafé com a Presidenta. Segundo ela, o objetivo é ampliar o número de empresas de tecnologia e ofertar cursos para trabalhadores do setor.
“Temos, no Brasil, quase nove mil empresas que desenvolvem softwares e queremos ampliar esse número. Por isso vamos investir nas pequenas empresas de tecnologia, que geram muitos empregos, principalmente contando com jovens que têm uma imensa capacidade de criar. Uma das medidas mais importantes desse programa é que nós vamos oferecer cursos para 50 mil trabalhadores do setor de tecnologia da informação”, disse.
A presidenta explicou que dentro do programa de política industrial Brasil Maior, várias medidas também vem sendo adotadas para fortalecer a indústria de tecnologia da informação brasileira. Houve redução de impostos cobrados dessas indústrias, de acordo com Dilma, para que o custo da produção diminuísse sem atingir os direitos dos trabalhadores.
“Nós já demos um grande salto quando elevamos 40 milhões de pessoas para a classe média. Agora, esse país tem o desafio de conseguir erradicar a pobreza e, ao mesmo tempo, produzir ciência e tecnologia, agregar valor à sua produção e inovar. Esse é o caminho para o Brasil chegar à economia do conhecimento e se encaminhar cada vez mais para ser uma grande nação”, destacou.
No programa, a presidenta também destacou os resultados e a importância da Olimpíada Brasileira de Matemática, que teve a participação de mais de 18 milhões de alunos, de 44 mil escolas públicas de todo o país.
“A matemática é o primeiro passo para o desenvolvimento científico e para a inovação tecnológica, porque a matemática é a base de todas as ciências e é fundamental para o aprendizado das engenharias, da física, da tecnologia da informação, da ciência dos computadores, por exemplo. A matemática ajuda a despertar o interesse dos nossos jovens pela ciência e pelo conhecimento”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comunicado: Os mais de 300 demitidos da Prosegur Paraguai apresentam suas ...

O movimento sindical brasileiro perde uma mulher lutadora e guerreira; a família CSPB...

Quando o ex-presidente da CSPB, Raimundo Nonato Cruz, imprimiu novas estratégias na condução política e administrativa da Confederação, ainda no calor da Assembleia Nacional Constituinte, uma das suas decisões foi no sentido de incorporar novos quadros dirigentes.

Polícia apura conexão entre ataques a cofres eletrônicos:

A prisão em flagrante de um ladrão por volta das 23h30min de sábado, enquanto arrombava um caixa eletrônico em uma agência do Santander, na Avenida Assis Brasil, na Capital, reforçou ainda mais a certeza, entre policiais, da existência de uma conexão entre esse tipo de crimes em todo o país. É que, novamente, o criminoso surpreendido pela Brigada Militar é catarinense — como eram três dos quatro arrombadores presos em junho em Rio Pardo. E como catarinenses eram, também, os quatro ladrões presos em Vitória (ES), em março, com R$ 500 mil provenientes do arrombamento de uma agência bancária. O ladrão azarado da vez é Robson Muller, 28 anos, técnico em manutenção, de Joinville (SC). Pelo menos outro homem, que, segundo a polícia, vigiava a ação do bandido do lado de fora, conseguiu fugir em um automóvel, assim que a viatura da polícia chegou ao local, depois do acionamento do alarme da agência. Muller foi surpreendido enquanto operava uma furadeira. Ele ainda tinha outras ferramentas, como transformadores e alicates. Autuado por furto, o arrombador foi encaminhado ao Presídio Central. Na semana passada foram registrados outros dois casos relacionados a arrombamento de caixas eletrônicos do Santander no Estado. Na última quinta-feira, em Torres, Jeferson de Freitas, 29 anos, funcionário de uma fábrica de antenas parabólicas em Jaraguá do Sul (SC), foi encontrado por cinco PMs dentro de um táxi quando fugia pela BR-101, em direção a Santa Catarina.

No Rio de Janeiro Oportunidade Seg

Loading...